O mês de junho é marcado pelo Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+. E, diante do atual cenário de pandemia e isolamento social, é impossível pensar em qualquer ação que envolva a aglomeração de pessoas. Nesse contexto, criamos o "FliCadê - O primeiro festival on-line de Literatura LGBTQIA+”. Com o intuito de reunir autores/as LGBTQIA+, editoras, agências e criadores de conteúdo em prol de motivar a leitura de histórias com protagonismo queer.

O projeto é promovido pelo Cadê LGBT em parceria com o Primeira Orelha, através dos organizadores Maria Freitas e Deko Lipe.

Além de realizarmos lives com discussões sobre mercado literário, representatividade LGBTQIA+, entre outros temas, teremos promoções de livros, lançamentos, e-books gratuitos e sorteios.

Todas as ações serão promovidas e realizadas no Twitter e no Instagram dos organizadores. E as mesas serão realizadas no canal no Youtube do Cadê LGBT

A participação no FliCadê é gratuita.

 

O evento será realizado nos dias 25, 26, 27 e 28 de junho. Ao todo, serão nove mesas com discussões feitas através de lives no Canal no Youtube do Cadê LGBT.

 

QUINTA-FEIRA, 25
#SarauFlicadê

Sarau on-line, com declamações de poesias e textos. Os vídeos poderão ser postados por qualquer pessoa no Twitter, usando a hashtag #SarauFlicadê, ou no Instagram, marcando o @flicade.

SEXTA-FEIRA, 26
Mesa 01 - 16h

Literatura LGBTQIA+ e o mercado editorial
Taissa Reis
Manuela Neves
 

Mesa 02 - 19h
A importância da publicação independente para autores LGBTQIA+
Gabriel Mar
Olívia Pilar
 

Mesa 03 - 20h30
Corpos não-padrão na narrativa LGBTQIA+
Renan Wilbert 
Thati Machado
Vitor Martins

SÁBADO, 27
Mesa 04 - 16h
A importância da influência digital para a literatura LGBTQIA+
Lorena Ribeiro
Felipe Cabral
Mariana Mortani
 

Mesa 05 - 19h
Literatura LGBTQIA+ - da publicação indie até a publicação por editoras
Clara Alves
Juan Jullian
 

Mesa 06 - 20h30
Literatura trans e poesia
Bruno Santana
Dhiego Monte
Valentine
 

DOMINGO, 28
Mesa 07 - 16h
Literatura infantil LGBTQIA+
Cidinha da Silva
Ana Teixeira
 

Mesa 08 - 19h
O protagonismo LGBTQIA+ na ficção especulativa
Jacinto Junior
Márcio Benjamin
 

Mesa 09 - 20h30
Escrevivências de mulheres LGBTQIA+
Amara Moira
Diedra Roiz

 

 


Idealizada pela escritora Maria Freitas, a iniciativa surgiu com o objetivo de facilitar o encontro entre o público, que anseia por conhecer e consumir mais literatura LGBTQIA+, e os livros.

O Primeira Orelha é um projeto literário desenvolvido pelo influenciador e escritor Deko Lipe, e tem como foco as literatura infantil, infantojuvenil e com representatividade LGBTQ+.